Jump to content
Fórum Script Brasil

Rafael Barros

Membros
  • Posts

    52
  • Joined

  • Last visited

About Rafael Barros

Rafael Barros's Achievements

0

Reputation

  1. você tem que ler do arquivo e e imprimir com a função printf.. exemplo: vamos supor que o conteudo do arquivo é: 20 anos então primeiro abrimos o arquivo para leitura com a função fopen() depois então fazemos: fscanf (fp, "%d", &n); /* FP = PONTEIRO PRO ARQUIVO E N É UM INTEIRO */ printf ( "%d", n ); fscanf (fp, "%s", &str); /* STR É UMA STRING */ printf (" %s ", str); pronto, com isso teremos lido o arquivo e o seu conteudo impresso na tela.. abraços
  2. Rafael Barros

    Rotina De Backup

    no SO windows ou linux???
  3. para mostrar na tela no SO windows basta fazer: system ( "date /t" ); system ("time /t");
  4. rapaz, isso num é numero verdadeiramente aleatório... ele é pseudo-aleatorio... aleatoriedade é só quando não tem um algoritmo envolvido.... tipow, pegar o tempo ao apertar das teclas... isso é aletoriedade... tudo que for baseado em algoritmo num é aleatorio, mas pode chgar perto... como nesse exemplo
  5. ouxi, tu tem que dá algum jeito de pegar o clock da maquina, ou então pega o evento do mouse, tipow, a posição onde ele tá pra gerar a sequencia, mas numeros REALMENTE ALEATORIOS, um jeito é com o clock da maquina, que eu num sei como faz pra pegar isso... hehehe
  6. Rafael Barros

    Duvida Besta

    tenta assim: #include <stdio.h> int main () { int Count; char ch; printf(" ( X ) para sair "); for (Count=1;;Count++) { printf("\n entre com uma letra:"); scanf("%c", &ch); fflush (stdin); // ISSO DEVE RESOLVER if ((ch == 'X')||(ch == 'x')) break; } return(0); }
  7. tente declarar assim: #define MAX 1000 ... char vet[MAX][4]; ...
  8. Rafael Barros

    Resolucao De Waning

    porque você num usa a função fseek ???? int fseek (FILE *fp,long numbytes,int origem); Sendo: fp - ponteiro para o arquivo numbytes - números de bytes que você deseja mover o cursor origem - origem de onde você quer que comece a mover o cursor que pode ser: SEEK_SET - início do arquivo SEEK_CUR - posição corrente do ponteiro SEEK_END - fim do arquivo SEEK_END É O FIM DO ARQUIVO então pra você mover o curso pro fim do arquivo é assim: fseek( fp, 0, SEEK_END ); então o ponteiro fica no fim!!!! ou pode voltar uma posição: fseek( fp, -1, SEEK_END );
  9. Rafael Barros

    Datas

    VEJA SE ESSE CODIGO AJUDA: #include <stdio.h> #include <time.h> #include <conio.h> int main(){ time_t data; tm * Data; data = time(NULL); Data = localtime( &data ); printf("%d/%d/%d",Data->tm_mday, 1 + Data->tm_mon ,1900 + Data->tm_year); getch(); return 0; }
  10. leia-os como inteiro e imprima como char.... tipow: int num1,num2,num3; scanf ("%d %d %d", &num1,&num2,&num3); printf ("%c %c %c ", num1,num3,num3); assim você ler o codigo ASC dos caracter e imprime como caracter na tela!!! espero ter ajudado.
  11. ler o arquivo, guarda num array, trata os espaço em banco e grava de novo no arquivo!!!
  12. bem, eu vi alguns problemas no seu código ai... tipow, o erro que você ta falando ocorre pelo seguinte fato: quando você vai ler o primeiro programa: o arquivo ARQUIVO1.TXT tem 12 letrar mais o '\o' ou seja preenche todo o nome[13] beleza? mas ai quando tu coloca outro arquivo, ARQ.TXT fica sobrando caracter que pode ter lixo de memoria e por isso diz que o arquivo não existe... você pode ta pensando que o nome que vai é ARQ.TXT quando na verdade pode ir [email protected]#... mas tou vendo aqui também, akela variavel string que você usa na função fgets(); é declarada onde??? num vi declaração dela e a variavel tarefa onde tá a declaração???? espero ter ajudado.
  13. Rafael Barros

    Exercícios

    rapaz, acho meio dificil alguém fazer isso pra você, seria mais facil você tentar fazer e o que não conseguir trazer pra gente pra ver se conseguimos ajudar ok??? fazer do zero é [email protected]!!!
  14. Rafael Barros

    Arvore Binária

    rapaz, guarda a posição de cada elemento no nó da arvore....
  15. Rafael Barros

    Potenciação

    assim: #include <math.h> #include <stdio.h> int main (void) { float base=0,exp=0; printf ("DIGITE A BASE: "); scanf ("%f", &base); printf ("DIGITE O EXPOENTE: "); scanf ("%f", &exp); printf ("\n\nRESULTADO: %f ", pow ( base , exp ) ); return 0; }] a função pow() recebe dois paramentos o primeiro é base e o segundo o expoente, ela está na math.h espero ter ajudado.
×
×
  • Create New...