Gustavo Oliveira

Membros
  • Content Count

    22
  • Joined

  • Last visited

Community Reputation

0 Neutro

About Gustavo Oliveira

Perfil

  • Interests
    C, C++, C#, Java, Phyton, Mysql, JavaScript e PHP

Recent Profile Visitors

The recent visitors block is disabled and is not being shown to other users.

  1. Gustavo Oliveira

    Problema Visual

    Galera estou com um problema, estou desenvolvendo uma aplicação em java no netbeans, e o jFrame não está saindo no look and feel Nimbus, já tentei de tudo quanto é jeito, só sai naquele visual que ele pega do windows, com botões quadrados e tabelas feias, ao que tudo indica ele ignora completamente aquela parte de setar o look and feel, quando coloco pra forçar e ir pro Nimbus aparece que não tem essa classe, me ajudem. try { for (javax.swing.UIManager.LookAndFeelInfo info : javax.swing.UIManager.getInstalledLookAndFeels()) { if ("Nimbus".equals(info.getName())) { javax.swing.UIManager.setLookAndFeel(info.getClassName()); break; } } Essa parte parece não estar funcionando, e detalhe: Quando rodo no shift+f6, aparece perfeitamente no nimbus, quando vai executar aparece nesse que citei lá em cima.
  2. A parte de ler frases indefinidas pode usar a alocação dinâmica, tem uma função realloc que funciona bem, faça uma alocação dinâmica de uma matriz, a cada incremento do ciclo, a função vai realocar uma memoria maior para a sua matriz, usando um contador você sabe onde parou exatamente, a parte de remover a ultima frase pode usar a função free e pra exibir as frases invertidas nada que um ciclo reverso não resolva, estude alocação dinâmica, acredito que vai te ajudar, qualquer dúvida estamos ai, boa sorte.
  3. Cara o goto sofre muito preconceito hoje em dia, mas se for utilizado corretamente, com toda atenção e se resolver o seu problema é uma boa, eu utilizei muito em trabalhos da faculdade, sempre meu professor me puxando a orelha mas nunca tive problemas não, você sabendo lidar com a função, vai numa boa 😉
  4. Se quer retorno, altere o tipo da função, sendo void ela não retorna nada, no caso em que você citou ai, a função seno gera números decimais (float ou double), então esse seria o mais adequado para a sua função, ex: float calcular_seno(int angulo){ return sin(angulo); } Boa sorte.
  5. A menos que você queira inserir somente números negativos na sua matriz, altere o valor de menor para um valor alto, por exemplo, se você só inserir números positivos na sua matriz, o menor será 0 mesmo, não vai ter número menor que 0, mude seu valor de menor para 100 por exemplo, aí irá funcionar, caso o valor [x][y] seja menor, este irá para o lugar de menor, faça essa operação varrendo a matriz pelo menos umas duas vezes, boa sorte.
  6. sintaxe do for: for(variavel(s) em questão e seu valor inicial ; condição para que o ciclo continue ; incremento ou decremento da variável){ //aqui seu codigo }
  7. Por nada, abraços. :)
  8. Isso acontece porque você armazena o valor antes de pesquisar, daí no ultimo caso ele encontra o valor, guarde o valor digitado em uma variável auxiliar, e faça a verificação, caso dê negativo, aí você vai inserir esse valor auxiliar na posição "i" do seu vetor, caso dê positivo, não incremente o "i", tenta aí e me dá uma resposta, abraços, boa sorte.
  9. Ao fazer muitas entradas em um programa, o buffer do teclado fica "sujo" use funções que limpam esse buffer a cada captura de texto: fflush(stdin); setbuff(stdin, NULL); são duas que tem essa função, abraços, boa sorte. O tamanho das suas string's está pequeno, tente um número maior do que 5, isso também gera problemas se o nome do livro ou autor for mais que 5 letras, ;)
  10. Não se compara string dessa forma dentro do if, use a strcmp, abraços.
  11. A função scanf é de entrada, ela capta um tipo do teclado e joga no endereço de alguma variável, ela recebe dois parâmetros, o tipo: "%d", "%f", "%s", e o outro é o nome da variável acompanhado do operador & que significa o endereço desta variável, ela não é recomendada para ser usada com String por apresentar mau comportamento em determinados casos, para isso existe a gets(), já o comando system(), que chama um comando do cmd, não é recomendado em questões de compatibilidade, caso desenvolva uma aplicação em Windows e usa funções do cmd, não irá funcionar em Linux, abraços, bom dia.
  12. Seja mais específico, o que quer que seja o vector3 ?
  13. Pesquise sobre o ciclo de repetição for e a biblioteca math.h irão te ajudar bastante, abraços, boa sorte.
  14. Estude um pouco sobre o operador %, que retorna o resto da divisão de um numero por outro, ex: resto = a % b; Acredito que irá te ajudar bastante, abraços.
  15. Bom dia Éder, testei aqui, e tem como se você fizer uma string com os seus parâmetros e depois uma concatenação desses parâmetros e a linha de chamada do seu código, dá trabalho, mas é o único jeito que eu conheço, utilizando a função system: #include <stdio.h> #include <string.h> system("comando do cmd"); // Note que você pode usar ali uma string com o comando como por exemplo: char comando[n]; strcpy(comando, "Seualgoritmo.exe parametros"); system(comando); daí você pode fazer um ciclo e ir alterando essa string e concatenando e jogar no seu programa, de outro programa, testa aí e me dá um feedback, boa sorte, abraços.